Rua Batuira, 400 - B. Assunção

São Bernardo do Campo/SP

Rua Machado Bittencourt, 86

Metrô Santa Cruz - São Paulo/SP

(11) 5573-3402
(11) 4344-2222
MATRIZ - SBC/SP
AMBULATÓRIO SP
(11) 95062-5600
WHATSAPP

Para informações diversas

Segunda à Sexta das 09h às 16h.

Please reload

Posts Recentes

Setembro Amarelo: Guia de prevenção ao suicídio.

September 2, 2019

1/8
Please reload

Posts Em Destaque

Livroterapia: Leitura que contribui para o tratamento em saúde mental.

November 28, 2017

Esta matéria foi desenvolvida pela equipe do Hospital Dia que é a unidade de tratamento intermediária entre a internação e o acompanhamento ambulatorial, que visa atender indivíduos com transtornos psiquiátricos graves em remissão através de programas de reabilitação psicossocial. Clique aqui para mais informações desta unidade.

por Vanessa Pinheiro Martins

Inspirado na Biblioterapia, esta atividade tem como objetivo incentivar os pacientes a ter a leitura como hábito e mostrar que esta é uma ferramenta importante para auxiliar no tratamento psiquiátrico. O ato de ler ativa várias regiões do cérebro. Em recente entrevista*, o psicólogo Vinicius Ferreira, professor da IMED / Faculdade Meridional (RS), diz: "A leitura é para a mente o que o exercício físico é para o corpo. Através de boas leituras, mantemos o cérebro funcionando e desta forma ajudamos a preservar seu bom funcionamento. O prazer de uma boa leitura vem do fato de que ler estimula a imaginação, a memória e o raciocínio, e isso é fundamental para a saúde mental". Deste modo é proposto aos pacientes, inicialmente, leituras em grupo para que eles comecem a ter contato com os livros e explorá-los ao máximo; livros curtos que permitem uma leitura rápida, interação, troca de ideias, confecção de trabalhos manuais e expressões de sentimentos, da interpretação e de relação com a sua realidade. A intenção é vivenciar ao máximo esta experiência, onde cada indivíduo sente e imagina a história e as personagens de forma única, exercitando a imaginação e muitas vezes, se identificando com as personagens, fazendo uma relação entre a ficção e a realidade. A cada livro/história é feita uma reflexão e trabalhos de forma lúdica, na interpretação, ampliação de conhecimentos e troca de experiências. Posteriormente há o empréstimo de livros, onde a cada encontro cada um trará sua experiência de leitura e compartilhará com o grupo, e todos representarão de alguma forma a experiência. O empréstimo de livros é também uma forma de fazer com que os pacientes não fiquem ociosos em casa nos dias de folga do tratamento. Além disso, é solicitado o preenchimento da Ficha de Leitura, o que reforça o compromisso com a atividade.

 

1/10

 Recursos utilizados:

 

- Ficha de leitura: onde é preenchido o título, autor, personagens, tema, parte que mais gostou ou se identificou e a opinião sobre o livro;
 

- Desafios de leitura: a partir de um livro/história, cada grupo recebe um desafio para fazer. Pode ser uma encenação, maquetes, teatro de fantoches, entrevista de leitura, contação de história e o que o contexto permitir desenvolver;

 

- Leitura compartilhada: o livro é dividido em capítulos, um para cada grupo de pacientes. Cada grupo tem a responsabilidade de ler um capítulo e compartilhar com os demais o que foi lido resumidamente, sendo que ao final das apresentações teremos o conteúdo do livro.

 

- Continuando a história: depois da leitura e de trabalhar vários aspectos e proposto aos pacientes que continuem a história, dando sequência a ela. É fornecido uma brochura de sulfite e é solicitado a confecção do livro; inclusive com ilustrações, capa constando os nomes dos participantes como autores.

 

- Livro ilustrado: há livros que contam a história através das ilustrações, permitindo ao leitor uma ampla interpretação do conteúdo. É proposto aos grupos que interpretem este livro, sendo assim, surgirão várias versões para a mesma leitura.

 

* www.farmabem.com.br/entrevista=leitura-e-saude

Please reload

Siga